NEOJIBA realiza segunda caravana de capacitação de monitores em Angical

Publicado em: 14/05/2018
IMG_20180315_160916231

As atividades acontecem de segunda a sexta (14 a 18 de maio) e fazem parte do projeto Orquestra Plástica, que conta com patrocínio da Braskem

A segunda caravana de capacitação pedagógica de jovens do município de Angical, extremo oeste baiano, há 886 km de Salvador, começa nesta segunda-feira (14) e segue até a sexta-feira (18). Na ocasião os monitores continuam o trabalho iniciado em março, na primeira ida à cidade. Dentre as atividades que serão realizadas está a capacitação de jovens no ensino de música para crianças e adolescentes, iniciantes no aprendizado com instrumentos fabricados com canos de PVC.

​A violinista Keila Salgado e o clarinetista Adauri Oliveira são os responsáveis pela capacitação nesse segundo encontro. “Vou acompanhar e dar a mentoria para esses jovens em Angical pela primeira vez. Estamos planejando uma série de atividades que dialoguem com as didáticas de ensino e com as técnicas de comportamento. Além de um conhecimento empírico, que se relacione com o incentivo do aluno às práticas. O trabalho que eles realizam na região é fundamental”, analisa Keila Salgado.

No Atelier de Lutheria de Plástico, sediado em Angical, os profissionais da área pedagógica do Programa oferecem ferramentas metodológicas para que os quatro jovens monitores, selecionados devido ao empenho na Filarmônica Filhos do Oeste, possam ampliar o acesso de crianças e adolescentes da região à musicalização.

​​A Orquestra Plástica é um projeto de desenvolvimento e difusão de uma tecnologia social implantado pelo NEOJIBA na Bahia, que conta com patrocínio da BRASKEM e do Governo do Estado, através do Programa FazCultura. O projeto tem como base a construção de instrumentos com canos de PVC e capacita adolescentes e jovens no ofício da lutheria, articulando por meio da música os campos da sustentabilidade e da inclusão socioprodutiva.

​O trabalho de pesquisa e fabricação manual se baseia na lutheria convencional de instrumentos de madeira e ocorre em dois espaços: no Atelier de Lutheria de Plástico, sediado no município de Simões Filho, inaugurado em novembro de 2015, onde funciona o Núcleo CESA do NEOJIBA; e no Atelier de Lutheria de Plástico instalado no município de Angical. A equipe que lidera o aprimoramento desta técnica de construção de instrumentos sinfônicos de plástico são os luthiers Andre-Marc Huwyler, David Matos, Alan Jonas e Natan Paes.

Programa NEOJIBA
Criado em 2007 como um dos programas prioritários do Governo do Estado da Bahia, o NEO-JIBA (Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia) tem por objetivo promover o desenvolvimento e a integração social, prioritariamente de crianças, adolescentes e jovens em situações de vulnerabilidade, por meio do ensino e da prática musical coletivos. O NEOJIBA beneficia cerca de 6,5 mil crianças, adolescentes e jovens em todo o estado da Bahia. É uma ação da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e seu diretor fundador é o maestro e pianista Ricardo Castro.

Comentários