NEOJIBA mobiliza 500 jovens músicos no interior da Bahia para criação de Orquestras Regionais

Publicado em: 15/04/2017
Foto: Florian Boccia

A primeira apresentação será no dia 22 de abril, em Porto Seguro

O NEOJIBA (Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia) mobiliza vários projetos musicais no interior do Estado para a constituição de 05 Orquestras Regionais nos Territórios da Costa do Descobrimento, Extremo Sul, Irecê, Piemonte da Diamantina e Sisal. Esta ação integra o calendário de atividades comemorativas dos 10 anos do programa. Cerca de 500 músicos, de 09 a 25 anos, integram estas formações musicais temporárias que estão sendo constituídas ao longo de 2017, através da Rede de Projetos Orquestrais da Bahia. A Orquestra Regional da Costa do Descobrimento é a primeira que se apresenta para o público, dia 22 de Abril, às 20h, no Centro Histórico de Porto Seguro. A entrada é franca.   

Desde 2013, a Rede de Projetos Orquestrais da Bahia investe na criação de Orquestras Regionais para potencializar o apoio pedagógico-musical oferecido pelo NEOJIBA e fortalecer a cooperação entre os 42 projetos musicais que fazem parte desta iniciativa. “Os participantes das Orquestras Regionais vivem uma experiência real de integração social ao enfrentarem o desafio de um repertório diverso em parceria com colegas, professores e regentes com quem nunca trabalharam. Este intercâmbio musical enriquece a vida cultural da região e dos jovens, como também configura uma continuidade do trabalho do NEOJIBA”, explica Adriano Cenci, coordenador da Rede de Projetos Orquestrais da Bahia. Em 2015, as apresentações das Orquestras Regionais da Costa do Descobrimento, do Sisal e do Piemonte da Diamantina mobilizaram um público de pelo menos 4.900 pessoas no interior do Estado.

Agora em 2017, a expectativa é que esta ação musical alcance um número ainda maior de pessoas, já que desde outubro 2016 a Rede de Projetos Orquestrais da Bahia realiza visitas periódicas a cada um dos Territórios de Identidade contemplados com as Orquestras Regionais.

Em Porto Seguro, crianças e jovens músicos do Ecoar Bahia, do Projeto Musicart, do Núcleo Trancoso do NEOJIBA, do IASA – Ambiente Musical, de Santa Cruz Cabrália, e da Filarmônica Lyra Popular, de Belmonte, formam a Orquestra Regional do Descobrimento. O processo de preparação para os concertos da Orquestra em abril envolveu a realização de ensaios e oficinas de técnica instrumental e prática orquestral ministradas pelos jovens multiplicadores e profissionais da equipe pedagógica do NEOJIBA.

Todas estas atividades são gratuitas e integram o projeto Caravanas Pedagógicas da Rede de Projetos Orquestrais da Bahia, uma iniciativa do NEOJIBA que conta com o patrocínio da Cielo e Cateno, através da Lei Federal de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura e Governo Federal, Ordem e Progresso. 1,3 mil crianças, adolescentes e jovens de projetos sociais e musicais, sediados em 30 municípios baianos, estão sendo contemplados com esta ação que encerra em outubro 2017.

SERVIÇO
Calendário de Apresentações

Orquestra Regional da Costa do Descobrimento
Formada por integrantes do Ecoar Bahia, do Projeto Musicart e do Núcleo Trancoso do NEOJIBA (Porto Seguro), do IASA – Ambiente Musical (de Santa Cruz Cabrália) e da Filarmônica Lyra Popular (de Belmonte).
22 de abril (sábado), 20h, Centro Histórico, em Porto Seguro
26 de abril (quarta), 20h, Praça do Cruzeiro, em Santa Cruz de Cabrália

Banda Sinfônica Regional de Irecê
Formada por integrantes da Filarmônica 19 de Setembro (de Ibipeba), Filarmônica 12 de Agosto (de Central), PIM – Programa Irecense de Música (de Irecê) e Filarmônica 25 de Fevereiro (de São Gabriel)
31 de maio (quarta) em Irecê

Orquestra Regional do Extremo Sul
Formada por integrantes dos projetos ABC do Ò (de Itanhém), da Associação Cultural Dona Flora (de Alcobaça) e da FLIC – Filarmônica Imaculada Conceição (de Caravelas), Dando Corda para Paz e Bem, ICED – Projeto Orquestrando Futuros e NEMAD – Núcleo de Educação Musical da Assembleia de Deus (de Teixeira de Freitas).
10 de junho (sábado), em Teixeira de Freitas

Orquestra Regional do Sisal
Formada por integrantes do projeto Santo Antônio de Música (de Conceição do Coité), e da Filarmônica 30 de Junho (de Serrinha).
08 de julho (sábado), em Serrinha

Banda Sinfônica Regional do Piemonte da Diamantina
Formada por integrantes da Filarmônica 2 de Janeiro, Filarmônica Juvenil Rio do Ouro e do Projart – Projeto Arte de Tocar (de Jacobina), e da Filarmônica 10 de Junho (de Mundo Novo)
30 de julho (domingo), em Jacobina

Sobre a Rede de Projetos Orquestrais da Bahia
É um espaço que reúne diversas entidades que promovem o ensino e a prática musical coletiva como meio para o desenvolvimento social de crianças, adolescentes e jovens na Bahia. Atualmente, são 42 projetos, em 36 municípios e 15 Territórios de Identidade do Estado. A Rede procura criar ou potencializar ações que atendam à crescente demanda por apoio pedagógico no campo da formação musical e oferece qualificação em gestão e na criação de projetos musicais no interior do Estado. 

Programa NEOJIBA
Criado em 2007 como um dos programas prioritários do Governo do Estado da Bahia, o NEOJIBA (Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia) tem por objetivo promover o desenvolvimento e a integração social prioritariamente de crianças, adolescentes e jovens em situações de vulnerabilidade, por meio do ensino e da prática musical coletivos. O NEOJIBA beneficia cerca de 4.600 crianças, adolescentes e jovens em todo o estado da Bahia. É uma ação da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e seu

Comentários