Compositor autodidata vence concurso do NEOJIBA

Publicado em: 29/06/2017
#post04 - Leonardo Oliveira toca bumbo na Filarmônica 30 de Junho-2

Leonardo Oliveira integra a Filarmônica 30 de Junho, de Serrinha, e vislumbra futuro na música

Com apenas 21 anos, o músico Leonardo Oliveira foi o vencedor do I Concurso de Composição para Filarmônicas do NEOJIBA, com a obra O Corneteiro e a Batalha de Pirajá – Dobrado Sinfônico. Leonardo aprendeu o ofício estudando sozinho. “Eu comecei a compor em 2015. Para isso, busquei apostila na internet, li trabalhos de conclusão de cursos de Composição, estudei mesmo”, conta. 

Neste ano, ele já planejava compor um dobrado para a Filarmônica 30 de Junho, de Serrinha, da qual faz parte como percussionista desde 2016. Foi quando surgiu a oportunidade de participar do concurso. “Quando eu vi que a premiação seria ter aulas de composição, me senti ainda mais motivado a participar”.

Para o concurso, ele começou a pesquisar sobre o 2 de Julho, quando teve a ideia de escrever sobre o toque da corneta de Luís Lopes na batalha que resultou na independência da Bahia. A obra, com pouco mais de cinco minutos, foi escrita para ser tocada no palco, com a banda sentada. “Depois vou fazer um arranjo para a Filarmônica 30 de Junho tocar desfilando”, completa.

Uma vida na música
Leonardo tem uma história na música. Aos 10 anos, teve seu primeiro contato com a Filarmônica 30 de Junho e chegou a iniciar seus estudos em trompete, mas como desejava tocar outro instrumento (o violino), deixou o trabalho após pouco mais de um ano. Voltou em 2014, desta vez, para participar do projeto Lira de Ouro da filarmônica, uma orquestra de cordas, e aprender violino. No ano seguinte, já estava como professor do grupo. 

Ele também sabe tocar outros instrumentos e se interessa em aprender novos. Foi assim que passou a integrar a banda da Filarmônica 30 de Junho, no bumbo. “Um amigo me chamou, porque eles estavam sem músico, e eu decidi aprender. Agora, vou começar a aprender também os instrumentos de sopro”, planeja.

Leonardo Oliveira toca bumbo na Filarmônica 30 de Junho

Leonardo Oliveira toca bumbo na Filarmônica 30 de Junho

Para ele, seu futuro está mesmo na música e, este ano, decidiu prestar vestibular. Pensa em cursar Composição e Regência, Licenciatura em Música e, futuramente, fazer bacharelado de violino na Itália, na Escola Giuseppe Tartini. “A música me ajudou muito e não somente na questão do conhecimento. Quando eu comecei a ensinar, por exemplo, aprendi muito e melhorei como pessoa. Além disso, passei a ter mais facilidade em me comunicar, em transmitir conhecimento”.

Neste sábado, 1º de julho, Leonardo estará no Teatro Castro Alves (TCA), no II Encontro de Filarmônicas, para assistir a Banda Sinfônica do NEOJIBA tocar a sua composição. Como vencedor do concurso, ele também terá aulas de composição e edição de partituras.

Comentários