Patrocinio

patrocinio

Disculpen las molestias causadas, porque aun continuamos trabajando en la traducción.

O patrocínio a projetos sociais/culturais é uma prática cada vez mais recorrente e importante para o desenvolvimento do nosso país. Através de Leis de Incentivo, Fundos e patrocínio direto você ou sua empresa pode contribuir com o NEOJIBA financiando nossos projetos.

Participe da nossa jornada de integração social por meio da música e contribua para o nosso crescimento.

Pessoas Jurídicas

A Lei Federal de Incentivo a Cultura (Lei nº 8.313, de 23 de dezembro de 1991), chamada Lei Rouanet, permite que pessoas jurídicas deduzam do imposto de renda devido parte dos valores destinados a doações ou patrocínios em projetos culturais. Podem patrocinar projetos culturais empresas tributadas pelo Lucro Real, que poderão deduzir o valor investido no Imposto de Renda, até o limite de 4%.

Os projetos do NEOJIBA aprovados na Lei Rouanet estão enquadrados no artigo 18 e permitem que empresas utilizem a isenção de 100% do valor do patrocínio no Imposto de Renda devido.

Aproveite esta oportunidade e patrocine um dos projetos do NEOJIBA associando a marca da sua empresa com um programa consolidado de integração social por meio da música e notório prestígio artístico.

Pessoas Físicas

Toda pessoa física que faça a Declaração Completa de Imposto de Renda pode investir em projetos culturais e obter os benefícios da Lei Rouanet (Lei nº 8.313, de 23 de dezembro de 1991), em até 6% do imposto devido.

A dedução do patrocínio não prejudica outras deduções, como aquelas com educação, saúde e dependente. Na realidade só ajuda, pois investir em projetos sócio-culturais é investir no futuro e pensar sempre mais além. Você pode escolher a modalidade patrocínio (com veiculação de marca) e doação (sem veiculação de marca). Contacte a nossa equipe e faça a sua contribuição.

Pessoa Jurídica

Através do Programa Estadual de Incentivo a Cultural (Lei nº 7.015, de 09 de Dezembro de 1996), também chamado de Fazcultura, o patrocinador pode deduzir 80% do valor investido no patrocínio do ICMS devido, destinando apenas 20% de recursos próprios.

Pequenas e médias empresas também podem patrocinar projetos através do Fazcultura. Empresas com faturamento de até R$ 9,6 milhões podem destinar no máximo 10% do imposto devido para patrocínios via Fazcultura. Aquelas com faturamento de até R$ 19,2 milhões podem deduzir 7,5%. A partir dessa faixa, a dedução é de 5%.

Aproveite mais esta oportunidade e patrocine um dos projetos do Neojiba associando a sua marca a projetos de grande visibilidade.

Pessoa Jurídica

A Lei nº 8.069/90 do Estatuto da Criança e do Adolescente permite aos contribuintes do imposto de renda, em seu artigo 260, deduzir o valor de doações feitas ao Fundo Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente (FMDCA), gerido pelo Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA).

As empresas que apuram pelo lucro real poderão deduzir até 1% do imposto de renda na declaração a ser entregue no ano seguinte (art.60, II, da Lei 9.532/97 e Decreto 3000/99). Os recursos arrecadados são aplicados na execução de projetos sociais aprovados pelo CMDCA. O NEOJIBA tem projetos inscritos nesse mecanismo e espera a sua contribuição.

Pessoa Física

Qualquer cidadão pode deduzir até 6% do imposto devido estimado na declaração a ser entregue no ano seguinte (art.22, da Lei 9.532/97 e Decreto 3000/99), ou 3% do  imposto realmente devido, apurado no ato do preenchimento da declaração entregue até o ultimo dia útil do mês de abril ( Lei nº 12.594/12 – Art 87  de 18/01/12 e Instrução Normativa RFB nº 1.311 de 31/12/12).

A sua contribuição gera inúmeros benefícios para a instituição, como o fortalecimento da relação e do papel social com a sociedade.

Mas fique atento: na hora de realizar sua doação é necessário indicar o projeto do Neojiba que será beneficiado.

Se tiver alguma dúvida, entre em contato com nossa equipe de Desenvolvimento Institucional (3032 1073 / doacao@neojiba.org).

Compártelo