Desenvolvimento Social

O Desenvolvimento Social é um dos princípios norteadores dos Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia (NEOJIBA). Os integrantes desses núcleos, em contato com o fazer musical coletivo de excelência, são conduzidos à disciplina, ao esforço, à concentração, à busca metódica de seus objetivos e a diversas reflexões que buscam promover sua integração social. Neste processo de formação, crianças, adolescentes e jovens retroalimentam a vida cotidiana através da expansão destas experiências para a sua convivência familiar e social. 

Para acompanhar este processo, o programa NEOJIBA conta com um setor de Desenvolvimento Social formado por profissionais das áreas de Serviço Social e Psicologia, que prestam serviços de atendimento psicossocial individualizado e/ou em grupo aos integrantes e seus familiares. O diálogo, a escuta, a interpretação e a análise são elementos fundamentais para a compreensão dos aspectos que envolvem a realidade social desse público.

O Mapa Social

Todos os anos, o setor de Desenvolvimento Social do NEOJIBA elabora o diagnóstico denominado Mapa Social, que consiste na caracterização socioeconômica e identificação das situações de vulnerabilidade e/ou risco social das famílias atendidas nos 13 Núcleos do Programa. A partir desta análise, o NEOJIBA realiza os encaminhamentos para o Sistema de Garantia de Direitos (saúde, educação e assistência social) e faz intervenções junto à família e/ou integrante. O setor também mobiliza uma rede de voluntários e parceiros do setor privado, que prestam atendimento gratuito às famílias e às crianças em situações de vulnerabilidade na área da saúde e atendimento psicológico. 

Atendimento Gratuito

Todos os integrantes em idade escolar são acompanhados pelas profissionais do setor de Desenvolvimento Social do NEOJIBA, através do comprovante de matrícula, boletins escolares e reuniões com pais e escolas. Os encontros com familiares e/ou responsáveis pelo acompanhamento social, familiar e comunitário dos integrantes são semestrais e realizados para fortalecer a importância da educação na formação das crianças, adolescentes e jovens. Os egressos do Programa são acompanhados por meio de contatos telefônicos ou presenciais. Integrantes, familiares e equipe pedagógica também recebem capacitações e participam de oficinas socioeducativas.